Vaquinha para desempregado que vende pães na rua para realizar sonho de ter sua padaria


Todos os dias, o nutricionista Paulo Dias Bodim, 29 anos, acorda às 4h da manhã para preparar e vender seus pães caseiros em frente a uma igreja em Três Lagoas (MS) para realizar o sonho de ter uma padaria. 

Desempregado com esposa e dois filhos pequenos, de 7 e 12 anos, para sustentar, esse jovem nutricionista recém-formado pegou uma receita de pão que tinha em casa e há 3 meses passou a vender nas ruas e semáforos da cidade.

Paulo e sua esposa Izabel, 29 anos, moram com os filhos em uma casa alugada. Hoje, eles vendem em média 25 pães por dia. Como trabalham com fornos convencionais, ele levanta de madrugada para iniciar a produção. 

A vaquinha é para ele alugar um espaço por 1 ano e equipar sua minipadaria para vender bolos e pães. “Quero um lugar bem aconchegante, que as pessoas entrem e sintam- se felizes em lembrar do cheirinho de pão da casa da avó, dos pais”.

 
O  valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais. Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.