Campanha para pai e filho que dormiam em praia conseguirem comprar uma casa

ATUALIZAÇÃO: Genteeee aumentamos a meta!

[Gente, batemos a meta em menos de 24h! Muito obrigado! Nosso objetivo é arrecadar mais um pouco para eles conseguirem comprar uma casinha. Continuem contribuindo]

O vendedor ambulante de lagosta na praia Renato e o seu filho João Pedro, de 7 anos, estavam há dois meses dormindo na praia.

Isso mesmo. Eles dormiam debaixo de uma tenda de taipa na areia fria da noite na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE). Passavam muito frio e fome, sem nenhumas condições de higiene e conforto.

Por conta da crise do coronavírus, pai e filho tiveram que deixar a casa que moravam por não terem mais condições de pagar o aluguel.

Para ajudá-los a alugar um cantinho, clique acima, em "Contribua" e faça a sua doação (em boleto ou cartão de crédito).

Foi quando, nesse final de semana, a moradora Jasmine Magne e o seu marido Kelton Bezerra conheceram a história deles.

Tocada pela situação de pai e filho, ela pediu ajuda aos amigos e conseguiu o valor de um mês de aluguel.

“Conversando com o filho, ele contou que sentia frio ao dormir, mas que se agarrava no pai para tentar amenizar. Conseguimos uma kitnet de R$300 mensais. É bem pequena e não tem nada, fogão, geladeira, alimentos, roupas, nada, nada”.

Para garantir mais alguns meses de aluguel e a compra dos eletrodomésticos e cama para eles, além de alimentos e custos com a moradia, até passar essa crise, lançamos a sua vaquinha na Voaa.

"Conversei com o Renato, um pai maravilhoso, um homem guerreiro. Eles moravam bem na favela, onde há rivalidade do crime e ele já perdeu um filho de 14 anos para o crime, então, ele disse que confia em Deus e que preferia estar ali mesmo e que iria proteger o João Pedro, peguei outras informações com ele e passamos a noite conversando", disse.

Vamos ajudar esse guerreiro a garantir um lar até que essa crise passe?

Clique acima, em "Contribua" e faça a sua doação (em boleto ou cartão de crédito).

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Parte I: Em vídeo emocionante, Renato agradece por todo apoio que recebeu. Assita ao vídeo clicando aqui.

Parte II: Renato e João Pedro compraram a casinha, gente! O pai foi ao cartório assinar o contrato. Agora, fará alguns ajustes na casa e em breve enviará fotos e vídeos do novo lar. Clique aqui e veja o post desse momento.