Jovem realiza o sonho da irmã gêmea ao doar todos seus órgãos e agora precisa de apoio com dívida em hospital

No dia 27 de abril, a jovem Karina Feitosa, 23 anos, veio a óbito após passar 5 dias sendo “jogada” entre dois hospitais públicos em São Paulo (SP) aguardando por uma vaga para a cirurgia de aneurisma cerebral.

Atender o último desejo de Karina foi o que confortou um pouco o coração da família.

Conhecida por ter um coração muito caridoso, a família autorizou a doação dos órgãos.

“Ela adorava ajudar as pessoas, e mesmo com toda a situação, ela ainda conseguiu salvar vidas. Isso confortou o nosso coração. Essa era a minha irmã”, disse a irmã gêmea Carolina.

A jovem sofreu descaso pelos hospitais públicos que passou

Carolina e Karina eram muitos próximas. A irmã se emociona ao lembrar do descaso que a irmã sofreu nesses 5 dias que lutou pela vida.

Desesperados, os pais e irmã foram atrás de amigos e conhecidos para conseguir doações e levantar o valor necessário para a transferência de Karina para o hospital Osvaldo Cruz (o único particular que encontramos vaga de UTI).

Porém, como ela já tinha passado muitos dias esperando pela cirurgia, infelizmente, a equipe médica não conseguiu reverter o seu caso.

“Em todos os hospitais que a minha irmã passou, os médicos informaram que ela tinha cerca de 4 dias para realizar a cirurgia sem complicações, pois haveria um novo sangramento e foi justamente o que aconteceu”.

A família ficou com uma dívida de mais de R$100 mil e o sonho deles é pagar o hospital que fez de tudo para salvar a vida da Karina.

Para ajudá-los, lançamos a vaquinha na VOAA.

Clique acima, em "Contribua" e faça a sua doação (em boleto ou cartão de crédito).

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.