Gari teve sua moto roubada enquanto estava no hospital e precisa de ajuda para comprar uma nova para trabalhar

Gente, olha que triste isso. O Flávio é gari em Belo Horizonte (MG) e teve sua moto roubada logo após sair de um hospital onde tinha sido atendido de um acidente de trabalho.

Desolado com o roubo, já que ele tinha pago apenas 5 parcelas do financiamento, Flávio fez um apelo nas redes sociais que emocionou a todos nós 💔

A moto não foi encontrada e Infelizmente, pela situação financeira que a família enfrenta, ele não tinha conseguido ainda fazer o seguro. A moto o ajudava demais, já que de ônibus ele gasta 4 horas para ir e para voltar todos os dias do seu trabalho.

Flávio (@flavao_sdl) trabalha como gari há 4 anos e é com essa profissão que sustenta sozinho a casa com dois filhos pequenos, já que a esposa está desempregada. Agora sem a moto, ele ainda ficou com uma dívida de mais de 2 anos de financiamento.

Esse cara trabalhador precisa muito da nossa ajuda para comprar outro veículo e ainda pagar a dívida da moto furtada. Vamos mudar essa história juntos?


.

O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]