logo voaa
voltar

Filtrar vaquinha por

Categorias

Filtrar

Criança de apenas 8 anos vende geladinho nas ruas para ajudar sua família que passa necessidades

História

[Gente, que alegria!! Ultrapassamos a meta do Davi! Agora ele não precisa mais ir para as ruas para vender seus geladinhos e terá uma infância como merece, graças a todos vocês!  Com o valor a mais arrecadado, iremos comprar uma casinha nova e confortável para Davi viver com sua família. Continuem contribuindo, vamos nessa!!]  🙏❤️

Davi tem 8 anos e mora com sua avó Rosimar, e sua mãe, Kelciane, em Cajazeiras (PB). A mãe de Davi está com uma gravidez de risco, de 8 meses e não pode trabalhar. A avó é faxineira, mas parou de trabalhar para cuidar da filha e neto. Davi, vendo a família passar por necessidades, inclusive de alimentos, tenta ajudar, vendendo geladinhos na rua.

“Minha avó já me ajudou muito, já fez muito por mim. Não gosto de ver ela chorando, quero ajudar minha família" - contou o pequeno.

Davi estuda de manhã e vende geladinhos que sua avó faz, por 1 real cada (quando a família tem condições de comprar os ingredientes do geladinho). Kelciane não pode trabalhar por causa da gravidez de risco e tem sangramentos constantes. O pai da bebê mora em Minas e ajuda como pode, mas quase nunca manda algum valor. Eles têm tentado sobreviver apenas com 270 reais do bolsa família, mas não é o suficiente.

A família tem várias contas de água, luz e aluguéis da casa em atraso, e por essa razão, a proprietária já ameaçou despejá-los. Com a vaquinha, queremos ajudar no sustento da família até sua mãe e avó conseguirem trabalhar, e tirar o Davi das ruas, para que ela tenha uma infância como merece, sem se preocupar com as contas de casa! 🙏

Há dois meses atrás, o marido de Rosimar pediu para ela escolher entre ele e sua filha Kelciane, que não tinha onde morar. Dona Rosimar escolheu a filha e se separou do marido. Desde então, a família passa por inúmeras dificuldades.

“Se eu não me apegasse a Deus, não sei o que seria de mim, de nós, está tudo muito difícil. É humilhante ter que pedir ajuda muitas vezes, mas as pessoas se esquecem que hoje sou eu, amanhã pode ser elas” - desabafou Rosimar

Muitas vezes, elas não têm dinheiro nem para a condução até o hospital, onde Kelciane precisa fazer acompanhamento. Então elas se arriscam e vão à pé. Mesmo com gravidez de risco, elas caminham por meia hora. 

A mãe de Davi, não possui praticamente nada para o enxoval da bebê, que nascerá no começo de janeiro. Ela não tem berço, roupas e nem fraldas. Clique em “contribuir” para dar um final feliz a essa história! ❤️

Essa história chegou até nós através da Goretty Videres, repórter que estará nos ajudando com o que for necessário. Acompanhe a repórter em @goretty_videres

#ACEITAMOS PIX E SEM Doação MÍNIMA! É só copiar o código na finalização da doação e colar na área "PIX COPIA E COLA" do seu banco para colaborar com essa história.

Para pagamentos em boleto, cartão de crédito e Paypal, o  valor mínimo da doação na plataforma é de R $ 25,00. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?  

Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com uma comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma.  Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, TI, ferramentas e equipe que une suas opções para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados.  Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa.  Saiba mais  clicando aqui. 

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma.  Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.  Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões  clicando aqui. 

Problemas com pagamentos?  Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.


R$ 76.802,60
171%
R$ 45.000,00 META
30DIAS RESTANTES
Contato

Rua Antônio das chagas, 81 - São Paulo-SP
CEP 04714-000 - CNPJ 36.687.442/0001-03