logo voaa
voltar

Filtrar vaquinha por

Categorias

Filtrar

Ajude a Casa Acolher a manter sua sede, que foi colocada à venda, e continuar salvando vidas de pessoas com HIV

História

R$ 24.072,65
11%
R$ 210.000,00 META
30DIAS RESTANTES

Criada há 3 anos, a Casa Acolher em São Luís (MA), já ofereceu suporte a mais de 5 mil pessoas com HIV, Aids e outras IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis) de todo o estado do Maranhão. 

O projeto acolhe diariamente bebês até idosos com HIV, como também seus familiares, já que muitos são carentes e passam por necessidades. Eles também oferecem roupas, kits de higiene, cestas básicas e até transporte para o hospital. A casa também possui uma equipe com advogados, psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais. Como é um grupo que sofre preconceitos, eles não conseguem emprego e muitas vezes são abandonados pela família.

Com a pandemia, as doações e a venda das bonecas de pano, que sustentam o projeto, caíram muito e, recentemente, receberam a triste notícia de que a sede social foi colocada à venda pelo proprietário, por R$ 250 mil. A qualquer momento eles podem parar na rua.

A casa fica ao lado do hospital que atende esses pacientes, portanto, o ideal é se manterem nesse endereço. Para que esse lindo projeto não feche as portas e deixe milhares de pacientes desamparados, criamos a vaquinha para a compra dessa sede! 

O projeto possui em caixa R$ 65 mil e vão usar para inteirar na compra. Com a própria casa, eles deixarão de pagar aluguel, que custa R$ 1 mil. Além disso, juntos podemos evitar que mais de 20 funcionários fiquem desempregados. 

“Há muitas vidas que nós acolhemos dando café da manhã, almoço, lanche, apoio psicológico, nutricional, jurídico e social de forma gratuita", reforça Paulo Ribeiro, coordenador da Casa Acolher.

# A Casa se mantém com a ajuda dos voluntários, que produzem bonecas de pano para vender 

Essas lindas bonequinhas de pano chamadas de “Bonecas Acolher” são a marca registrada do projeto. Cada boneca custa R$ 30 reais e o chaveirinho delas R$ 15. Para que as contas fechem no mês, eles precisam vender pelo menos 400 bonecas, mas com a pandemia, esse número caiu bastante.

“Infelizmente, nem o governo estadual ou municipal se importam com o acolhimento que nós fazemos aqui. Então, todo pagamento de aluguel, água e luz, nós só conseguimos porque vendemos bonecas para manter esse projeto de portas abertas”, disse Paulo.

Mesmo com as dificuldades da pandemia, o projeto conseguiu arrecadar e doar cestas básicas às comunidades carentes.

“A maioria das vezes, eles não buscam aqui um prato de comida ou um banho, buscam um abraço, uma palavra de conforto” - diz Paulo.

Acompanhe o trabalho da casa em @casaacolherma ou pelo site gashacolher.com.br/oprojeto/. Você também pode acessar o aplicativo deles chamado “Xôver” que auxilia com informações de exames e tratamento no município.


#ACEITAMOS PIX E SEM Doação MÍNIMA! É só copiar o código na finalização da doação e colar na área "PIX COPIA E COLA" do seu banco para colaborar com essa história.

Para pagamentos em boleto, cartão de crédito e Paypal, o  valor mínimo da doação na plataforma é de R $ 25,00. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?  

Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com uma comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma.  Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, TI, ferramentas e equipe que une suas opções para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados.  Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa.  Saiba mais  clicando aqui. 

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma.  Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.  Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões  clicando aqui. 

Problemas com pagamentos?  Envie e-mail para suporte@voaa.me ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.


Contato

Rua Antônio das chagas, 81 - São Paulo-SP
CEP 04714-000 - CNPJ 36.687.442/0001-03