Vaquinha para ajudar motoboy William, que ficou sem ajuda dos amigos, a construir sua casa


Gente, olha a história do William! Nesse domingo (25) para dar início a obra da sua casinha, ele chamou vários amigos para ajudá-lo. Até comprou cafezinho e pão para recebê-los. Mas, quando chegou lá, ninguém apareceu. Ele ficou sozinho e muito chateado. 😭😭

Ele que trabalha como motoboy, está construindo sua casinha sozinho, num lote que ele comprou com muito suor! Hoje, ele vive com o que ganha com as entregas e mora com a mãe, a dona Marina de 59 anos. Mas quer muito casar e terminar a sua casa em Belford Roxo, na Baixada Fluminense (RJ).

Sua história chegou até nós, após ele publicar seu desabafo do que aconteceu neste domingo e nos comoveu demais. 💔

Com a divulgação na internet, varias pessoas se uniram para ajudá-lo no dia a dar início a obra, uma linda corrente do bem.

Quando eu já tinha feito o primeiro traço, estava chegando um senhor lá da Igreja e ele viu que eu estava fazendo tudo sozinho. Ele foi em casa, trocou de roupa e voltou para me ajudar. Depois, chegaram mais dois motoboys para me ajudar e a gente conseguiu encher. O serviço é muito pesado”, contou William Navarro.

William com o contrato do lote que comprou!
[Vamos ajudá-lo!? Ele não está mais sozinho gente <3. Clique aqui e contribua e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal]

O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]