Vaquinha para jovem que teve mercadoria apreendida pela prefeitura e sonha montar sua barraca para voltar a trabalhar

A jovem Priscila Gomes tem apenas 18 anos e desde muito nova corre atrás de suas coisas!

Moradora no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro, ela trabalha todos os dias vendendo balas e trufas no sinal para ajudar nas contas de casa.

Infelizmente, recentemente a Prefeitura do Rio apreendeu toda a mercadoria que ela tinha em mãos, alegando que, por causa da pandemia, ela não poderia trabalhar.

“Estou sem trabalhar, está muito difícil. Só eu sei o que já passei e escuto até hoje. Quantas vezes fui dormir chorando pedindo que o outro dia nem começasse porque não aguentava mais”, desabafou.

A vaquinha é para a Priscila conseguir investir na sua barraquinha de doces no próprio Morro e voltar a trabalhar. Com esse valor, ela também planeja comprar uma casinha na comunidade.

Sua história chegou para nós através dos canais @guiafavela e @vozdascomunidades.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Jovem é a principal renda da casa e não pode ficar sem o dinheiro que recebe vendendo seus produtos

Priscila foi criada pela tia que ela considera sua mãe. Moram as duas numa casa pequena no Morro.

A jovem também fazia doces para vender na comunidade, mas hoje se encontra sem dinheiro para comprar novos materiais de produção.

Sonho de montar sua barraca de doces no Complexo do Alemão

O sonho dessa grande garota é ter o seu próprio negócio. Como ela já fazia trufas e doces para vender no semáforo, ela gostaria de montar uma barraca no Complexo do Alemão e ter o seu ponto de vendas.

Pandemia e falta de renda

A venda das balas e chicletes no semáforo é sua única renda. Mas, com a pandemia, a jovem está há sem vendas.

"Não podemos sair pra vender e quando saímos, não tem movimento, as vendas estão bem fracas".

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Acompanhe a Priscila pelo Instagram @priihgomes22

Parte I: Priscila mandou um recado muito especial para todos que apoiaram em sua vaquinha. Clique aqui e assista.