Vaquinha para vendedor de picolé que foi flagrado chorando na rua porque não tinha conseguido vender nada


Olha que dó, gente. Um dia antes das festas de final de ano, esse sorveteiro, o seu Manuel, de 59 anos, foi flagrado chorando no cantinho de uma rua, porque não tinha conseguido vender nada naquele dia. 😭😭

Quem presenciou essa cena foi o policial Derineudo, que sem pensar duas vezes, mesmo sem conhecê-lo, se prontificou a ajudá-lo, indo de loja em loja com ele no centro de Rio Branco (AC), oferecendo seus sorvetes. E foi dessa forma que Seu Manoel conseguiu vender tudo e ter uma virada de ano mais feliz e com alimentos.

Mas a vida não tem sido muito legal com o seu Manuel. Esse cara trabalhador, que encara todos os dias 4 horas de caminhada até o centro da cidade para vender seus sorvetes (faça chuva ou faça sol), mora sozinho numa casa de madeira e tem passado por muitas dificuldades para ter comida no prato e pagar o aluguel.

Ele nos contou que quando tem um dia bom, consegue vender e arrecadar R$15 no dia, ou seja, mal sobra para o seu sustento.

A vaquinha é para ajudá-lo a se manter até que as vendas melhorem! Seu Manoel nunca casou e não tem filhos, e precisa da nossa força. Vamos nessa?

Acompanhe essa história também pelo Instagram do Derineudo clicando aqui.

.
 
O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.