Vaquinha para sorveteiro humilhado se manter na pandemia



Seu Aldonizio tem 45 anos, morador da pequena cidade de Coari, Amazonas.

Para conseguir ajudar a sustentar seus 9 filhos e também se sustentar, ele encontrou na venda de sorvetes nas ruas uma fonte de renda.

A situação já não tem sido fácil, com a pandemia que estamos vivendo as suas vendas caíram muito. 

Piorando a situação que o país e o mundo enfrenta, no dia 4 de setembro desse ano seu Aldonizio vivenciou algo terrível.


Por volta das 16h, enquanto vendia seus sorvetes em um bairro longe de sua casa, ele foi humilhado por três jovens, que pegaram sorvetes de seu carrinho sem pagar.


Eles ainda pegaram seu chapéu, que o protegia do Sol forte, e o ameaçaram com um pedaço de pau, pedindo para ele ir embora, sem receber pelos picolés.

“Eu já perdoei todos eles, só quero que eles nunca mais façam isso com ninguém” - desabafou seu Aldonizio.

Criamos a vaquinha para ajudar seu Aldonizio a se sustentar durante a pandemia.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.


Idoso tem medo de voltar para a rua vender os picolés e sofrer novamente


Hoje, seu Aldonizio tem medo de voltar as vendas de picolés nas ruas e sofrer algum tipo de represália.

Ele sonha em poder ter um emprego fixo, onde tenha uma estabilidade melhor para conseguir se manter e ajudar seus 9 filhos.

O idoso também sonha ter uma moto simples para conseguir se locomover para seu trabalho, que ele tem fé que logo conseguirá.

Vendedor vive em casa simples e passa necessidades


Seu Aldonizio mora em uma casinha extremamente simples, que foi cedida pelo seu ex-cunhado.

Lá, ele paga somente as contas básicas como água e energia, mas infelizmente, está tendo dificuldades para manter essas continhas em dia também.

Todo valor arrecadado na vaquinha será para o seu Aldonizio se manter durante a pandemia, e quem sabe, para que ele consiga também realizar o sonho de ter sua moto e sua casa.


Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]