Campanha para menino que perdeu suas trufas ao ser enganado por mulher com uma nota falsa de R$ 100


O adolescente João Victor de Jesus, de 13 anos, chorou ao saber que perdeu toda a mercadoria que vendia em um semáforo de Jundiaí, no interior de São Paulo. Uma mulher se aproveitou da inocência do jovem e usou uma nota falsa de R$ 100 para levar todas as trufas do adolescente. Ele só descobriu que a nota era falsa ao chegar num mercado, onde iria comprar mais mercadoria e coisas para a casa.

João vende trufas no semáforo para poder no final do mês ter a sua própria mesada e para comprar as coisas para os irmãos e para a casa, onde mora de aluguel com a mãe Priscila dos Santos Lima, 32 anos, que está desempregada, seu pai Antônio Marcos, 43 anos, que faz bicos como servente de pedreiro e mais quatro irmãos pequenos de 3, 7, 10 e 11 anos.

O triste episódio aconteceu no dia 27 de maio, e desde o ocorrido, a família tem recebido apoio de desconhecidos, principalmente o João, que ficou muito abalado. Com a ajuda que receberam até o momento, o adolescente vai investir nos cursos de inglês e informática.

Para dar uma força a essa família que passa por dificuldades e para que o João dê a volta por cima, lançamos a vaquinha. Vamos juntos transformar mais uma história!?
 
O  valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais. Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.