Idoso cata recicláveis para pagar aluguel e mora em um cômodo pequeno. Vamos ajudá-lo a ter um lar digno?



Sem ao menos ter um fogão para fazer comida e uma geladeira, seu Alberto de 61 anos mora sozinho numa casa super precária de apenas um cômodo em Salvador (BA). Ele nunca casou ou teve filhos, e passa por grandes dificuldades sem aposentadoria ou qualquer tipo de benefício.

Para vocês terem uma ideia, ele esquenta a comida usando uma latinha de sardinha e álcool. Muito triste! 😭
 
A casa em que vive é alugada, e ele paga R$ 250 por mês com o que consegue catando recicláveis. Antes da pandemia, ele trabalhava como baleiro, vendendo balas em ônibus circulares da sua cidade, mas, com a chegada do vírus, ele foi impedido de continuar  realizando o seu trabalho, tendo que se reiventar e buscar outra forma de se sustentar.
 
A vaquinha é para que esse senhorzinho de coração tão bom possa comprar uma kitnet confortável e móveis, para viver dignamente como merece. Vamos ajudar?

Acompanhe também essa história pelo perfil do Felipe, morador que tem dado todo suporte ao seu Alberto: @felipeabreu.ba 

.
O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.