Ajude influenciador a realizar sonho de seguidora de fazer cirurgia e voltar a sorrir

A dona de casa Sandra Matioli, 45 anos, sofreu há um pouco mais de 10 anos um grave acidente de moto em Campinas (SP) e até hoje sente as sequelas deste dia.

No acidente, Sandra bateu a cabeça na guia, quebrando todo o maxilar. Ela também quebrou o fêmur, passou por inúmeras cirurgias na perna e precisou reconstruir o rosto que teve fratura exposta.

“Tive que fazer uma cirurgia de 11 horas, tirou todo osso do meu rosto e colocaram a prótese, fiz anos de fisioterapia”.

Mas, após anos de cirurgia, em janeiro deste ano, ela começou a sentir fortes dores no rosto e dificuldades em mastigar. Foi quando ela procurou um bucomaxilo e na tomografia foi identificado 3 parafusos quebrados.

Hoje, Sandra não consegue se alimentar (só sopa por canudo), nem dormir por causa das dores e vive de morfina.

Sua história chegou até nós através do personal trainer Denys Viana que durante o seu projeto de aulas online no Instagram, se deparou com vídeos da Sandra praticando todos os exercícios, mesmo com suas limitações.

“No dia 08/04 a Sandra fez a minha aula e postou alguns vídeos me marcando, quando entrei, fiquei maravilhado com a persistência daquela mulher. Fiz uma chamada ao vivo para ela, onde conversamos e ela contou a sua história. Ficamos muitos tocados e queremos ajudá-la”, disse.

[Foram descobertos três parafusos quebrados em seu rosto]

Sandra começou a sentir dificuldades em abrir a boca e mastigar. Percebeu que sua risada estava cada vez mais torta e ao dormir, sentia fortes dores no lado esquerdo do rosto.

“A cada três meses preciso fazer endoscopia por que tive câncer de estômago e tenho casos na família. Em janeiro fui realizar o exame e não deu certo, a médica não conseguia pôr o aparelho, pois não eu conseguia abrir a boca o suficiente”

Foi quando ela procurou um bucomaxilo e na tomografia foi identificado 3 parafusos quebrados.

“Se você passar a mão, você sente os parafusos, como se fosse um caroço, porque como está quebrado, está soltando aos poucos o meu maxilar. Agora não abro a boca para nada, como sopa líquida pelo canudinho”, disse.

A Sandra tentou a nova cirurgia pelo convênio médico, porém, como é um caso delicado, nenhum médico quis fazer a cirurgia.

“É fato que a cirurgia é grave, porque pode pegar infeção na prótese, fora os parafusos. E tem o perigo de eu engasgar e morrer sufocada. Mas encontrei um profissional sério que abraçou a causa", disse”

[O acidente]

Na época do acidente, Sandra trabalhava em uma farmácia. A pedido do patrão, ela foi até um cliente para aplicar injeção.

“Nunca andei de moto, mais fui por que meu patrão mandou o motoboy. Na volta, ele bateu a moto na traseira de um ônibus. O capacete rachou e cai do outro lado da rua com a cabeça na guia. O osso do meu maxilar saiu pra fora, deu fratura exposta”.

Sandra quebrou o fêmur e a cabeça do fêmur, que também de fratura exposta. Ela também perdeu a visão do olho esquerdo e agora luta para não perder a visão do direito, o qual já perdeu 20%.

“Sofri complicações na perna, teve 3 cirurgias erradas até dar necrose no meu fêmur, ia amputar por que não tinha osso para agregar a prótese total de quadril, mas, graças a Deus, a prótese importada chegou a tempo”, disse.

Sandra passou por várias cirurgias e teve que mudar toda sua vida.

“Larguei do pai do meu filho após 19 anos de casada, porque estava me traindo”

Clique acima, em "Contribua" e faça a sua doação (em boleto ou cartão de crédito).

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.