Vaquinha para motoboy humilhado em Valinhos (SP) dar a volta por cima e se manter nessa pandemia

 

Gente, encontramos o motoboy Matheus Pires Barbosa, de 19 anos, de Valinhos (SP) que foi humilhado por um homem num condomínio de luxo no dia 31 de julho.

No vídeo, o homem xinga o jovem e tem atitudes racistas dizendo que ele “tem inveja da cor da pele dele” pelo simples fato do Matheus não ter ido até a porta dele entregar a comida.

“Ele tinha que ir até a portaria receber, pois como ele não atendia a ligação, eu não poderia entrar no condomínio. Me chamou de preto e favelado”.

Na ocasião, a Guarda Civil foi chamada e levou os dois para a Delegacia de Valinhos, onde o motoboy registrou Boletim de Ocorrência por racismo e agressão verbal.

 

“Antes do vídeo, ele tinha cuspido em mim e jogado a nota do restaurante, dizendo que eu era um lixo igual ao papel. Na hora, liguei para a polícia. Mesmo com a presença da GM no local, ele continuou com as ofensas”, contou o Matheus.

Matheus contou também que outros motoboys já tinham alertado sobre o comportamento desse cliente.

“Hoje, nesse momento da pandemia, o trabalho do motoboy tem sido essencial, inclusive, é o que está me ajudando a ter renda nessa crise”, disse.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Jovem trabalhava como social media, mas teve que vender computador, seu instrumento de trabalho

A pandemia pegou o jovem Matheus, como pegou milhares de trabalhadores.

Matheus tinha começado na área de mídias sociais, mas por conta da pandemia, ele, que mora numa casa com um amigo e divide aluguel e as despesas, teve que vender seu computador, seu instrumento de trabalho.

“Com o dinheiro eu paguei o computador e as contas de casa”, disse.

A vaquinha é para o Mateus dar a volta por cima e ainda se manter bem nessa pandemia!

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]

Gente, o Matheus deu a volta por cima e contou para gente sobre seus projetos e como está sua vida após sua história ter viralizado. Clique aqui e aqui para assistir.