Mãe solo pede ajuda para conseguir pagar cirurgia do filho para ele voltar a andar


Para conseguir pagar a cirurgia do filho Everton de 13 anos e ficar mais pertinho dele, que tem necessidades especiais, a mãe solo Marilene Castro, 40 anos, aprendeu sozinha a fazer crochê em Fortaleza (CE). Sua história chegou até nós após um vídeo comovente dela mostrando o filho se rastejando para conseguir brincar. É de cortar o coração 💔.

Everton nasceu com hidrocefalia, paralisia, epilepsia e com uma luxação no quadril que era para ser operado quando bebê, mas por negligência médica a operação não aconteceu. Ele precisa fazer emergencialmente três cirurgias, uma no pé, no joelho e no quadril, e quanto mais demora para ser feita, mais dores o filho sente.

Essa mãezona tem tentado a cirurgia pelo SUS, mas devido a pandemia, está há 1 ano na espera e sem previsão. Inclusive, até a fisioterapia que ele tinha direito foi suspensa com a crise. “Os médicos ficam adiando a cirurgia porque sabe que não mata, mas meu filho sofre com essas dores e ainda sem tomar medicamentos. Ele é só uma criança, e eu como mãe me corta o coração” 😔.


Com a produção de lindas peças de tricô e com um pequeno auxílio do Governo, ela tenta pagar o aluguel de uma pequena casa onde mora com o filho, mas as vendas caíram muito com a pandemia e essa família tem passado por muitas dificuldades. Para vocês terem uma ideia, eles dividem o mesmo quarto e inclusive a mesma cama, por falta de espaço.

O pai do Everton morreu há 5 anos e a filha mais velha da Marilene ajuda como pode nos cuidados do irmão, mas, por ser casada e não morar mais com eles, não consegue ajudar financeiramente.

A vaquinha é para a realização dessas três cirurgias que o pequeno precisa realizar com urgência para voltar a andar e brincar mais feliz. A mãe já está em contato com um cirurgião que atenderá o caso do Everton.

Acompanhe o trabalho da Marilene pelo
@marycrochee, é um vestido mais lindo que outro!

 
O  valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais. Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.