Campanha para a construção da casa do Luizinho, menino que foi humilhado por vender trufas na rua

Luizinho tem 12 anos e vende bombons no bairro Buenos Aires em Teresina (PI) para ajudar os pais a pagar o aluguel de casa e na construção da casinha deles.

Mas, no início do ano, Luizinho foi humilhado por uma mulher no momento em que ofereceu os bombons.

"Eu cheguei na mesa para oferecer bombons e escutei a mulher falando para as duas filhas que era para elas estudarem para não ficar igual a mim vendendo bombons na rua. Eu fiquei muito magoado e chorei”, lembra Luizinho.

A mãe, Rafaela, dá um duro danado durante o dia como empregada doméstica e estuda psicologia à noite. O pai está desempregado e é estudante de direito. 

Eles produzem bombons e vendem pelo bairro para pagar despesas como o aluguel de casa e a construção da casinha deles.

A vaquinha é para ajudá-los na construção da casa, já que só com as vendas das trufas está sendo bem difícil comprar os materiais.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Família teve casa furtada recentemente

Em fevereiro desse ano, ladrões invadiram a casa do Luizinho. Levaram tudo, até o seu videogame. 

Segundo o pai do menino, Netanias Moreira, além do game do filho, levaram o celular dele, como também roupas e todo o dinheiro que a família ganhou com vendas de bombons.

Desde o acontecimento, a família tem corrido contra o tempo para deixar logo o bairro. “Não queremos mais ficar aqui”, disse o pai.

O trauma que ficou no menino foi muito grande. 😥

 

Após episódio de humilhação, garoto sonha ser defensor público

Luizinho deu a melhor resposta para o episódio. Ele sonha em ser Defensor Público e disse que um dia a mulher que o humilhou pode precisar dele. “Um dia vão cruzar em meu caminho e talvez eu seja um Defensor Público”, disse.

O garoto foi convidado para conhecer a Defensoria Pública do Estado do Piauí e a Defensoria Pública da União no Estado.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Parte I: em vídeo inspirador, Luizinho agradece por todo apoio em sua vaquinnha, gente! Clique aqui e assista ao momento.