Vaquinha para reformar casa de mulher que cavou poço sozinha para dar qualidade de vida à família

 

[Gente, batemos a meta! Muuito obrigado! Se você quer continuar contribuindo por uma linda causa, temos a campanha da Dona Gertrudes, ela precisa urgentemente reformar a casa onde mora com seu filho deficiente, já que corre o risco de desabar. Clique aqui e contribua!]

 

[Batemos a meta gente! Muito obrigado❤️! Todo o  valor a mais será usado para mobiliar a casa da Joana.]

Desde que seu marido teve um AVC no início de 2019, Joana, 31, viu a responsabilidade da casa ficar toda por conta dela.

Joana mora em uma pequena vila em São Felix do Xingu, no Pará. No local, existe apenas um poço artesiano para mais de 300 famílias. Todo ano, a sua família passava pela mesma situação: a falta de água. Chegando a ficar mais de uma semana sem ter água em casa para poder cozinhar, tomar banho e tantas outras necessidades, Joana resolveu que daria uma solução.

Pois bem, estudando o quintal de sua casa, ela conseguiu cavar seu próprio poço, gente!!! Somente no final, já muito exausta e com muitos calos em sua mão, Joana pediu ajuda de seus dois filhos pequenos (um de nove e outro de onze anos). O poço possui mais de três metros de profundidade e levou mais de uma semana para ser finalizado.

 

Criamos a vaquinha para que a Joana possa dar mais qualidade de vida à sua família.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Joana e sua família.

Eles moram em uma casinha bem simples, não possuem geladeira, nem cadeiras, sofá, armários e guarda-roupas, os móveis que possuem são todos improvisados, ela lava toda a roupa na "tábua", pois na casa também não há tanque de lavar roupas. Sobrevivem com a ajuda dos vizinhos, inclusive para se alimentarem.

Para conseguir alimentar melhor a sua família, Joana construiu também em sua casinha, o seu próprio fogão à lenha.

"Na falta do dinheiro, na falta de gás, isso me ajuda muito. No forno, por enquanto eu não to assando nada, não "tô tendo" o que assar nele ainda, mas se Deus quiser, eu vou ter." - desabafou Joana.

 

O seu marido, Humberto, sempre trabalhou muito no serviço pesado da lavoura, trazendo o sustento para a família. Em janeiro de 2019, sofreu um AVC que o deixou com várias sequelas e o braço esquerdo paralisado. Desde então, tentam o auxílio do governo, mas sem sucesso ainda.

“Minha maior vontade é poder ter um banheirinho dentro de casa” nos contou Joana. Vamos mudar a vida deles também?

Todo valor arrecadado na vaquinha será usado para a compra de alimentos e para a reforma de sua casa.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]

Parte I: Joana gravou um vídeo muito emocionada, agradecendo por todo apoio que recebeu! Clique aqui e assista.