logo voaa
voltar

Filtrar vaquinha por

Categorias

Filtrar

Encontramos o idoso chef de cozinha e a situação dele é ainda pior que imaginamos 😭

História

R$ 64.052,57
128%
R$ 50.000,00 META
30DIAS RESTANTES

Ficamos sabendo da história desse idoso e não podíamos deixar de tentar ajudar, fomos conhecê-lo de perto e descobrimos que a situação é bem pior do que imaginamos 😭 .

Seu Wanderlan, ou seu Wando, como é conhecido por todos, tem 62 anos e vive há um ano embaixo de um viaduto no centro de São Paulo, num barraco improvisado com restos de madeira, sem estrutura alguma, sem banheiro, sem água encanada ou energia
😞. O comércio da região cede água para que encham galões em suas torneiras.

Ele, que é natural da Bahia, se mudou para São Paulo aos 14 anos, e logo começou a trabalhar com alimentação, em uma padaria. Desde então, nunca mais parou, trabalhando em vários restaurantes pelo Brasil e até mesmo no exterior.

E olha só isso, pessoal!!! No dia que ele foi fotografado em um transporte público pedindo ajuda, não era para ele, mas estava pedindo ajuda para a comunidade onde vive, que estava sem alimento algum💔.

“Eu me viro, como qualquer coisa. Me preocupo é com as crianças e idosos que estão aqui”- diz ele, de coração aberto


Seu Wando, “pai” ou “chef”,na pandemia perdeu seu emprego, e se separou após um casamento que gerou 4 filhos biológicos. Deixou a casa com a ex-esposa e filhos, e acabou parando nas ruas. Ele mantém contato com os filhos, mas eles não conseguem ajudá-lo financeiramente e apoiam o trabalho que ele vem realizando. E além disso, Seu Wando fala que não tem ideia de quantos filhos do coração tem pelo mundo. No “barraco” mesmo em que ele mora, são 5 pessoas que ele abrigou.


“Aqui, eu descobri o que mais quero mesmo para minha vida, ter um restaurante social, onde trabalhe fazendo o que amo e ajudando as pessoas, é tanta gente passando fome”

Outro sonho também, é ter a oportunidade de ensinar outras pessoas a cozinhar, principalmente aquelas que não tiveram oportunidade na vida, para que transformem isso em uma profissão.

Na comunidade onde ele mora existem aproximadamente 60 famílias. Sendo que dentre todas essas, consegue alimentar uma média de 20 a 30 pessoas por dia. Os alimentos são de doação ou que coletam do lixo do Mercado Municipal, após uma seleção.

“São muitos alimentos jogados fora todos os dias, eu vou com alguns amigos até o mercado municipal e selecionamos vários alimentos que foram descartados e que conseguimos usar”

E sabe como consegue cozinhar?  Num fogão à lenha improvisado no chão. A lenha usada é de caixotes descartados na região (usam vários caixotes para conseguir fazer a refeição). O almoço é servido entre 15 e 16 horas.

“Sirvo mais tarde de propósito, porque é muito raro ter alimentos para almoço e janta por aqui, desta forma, eles conseguem segurar a fome por mais tempo”🥺️



Parte da equipe que esteve com ele inclusive almoçou da comida que ele fez. Simples e dentro das condições do dia, mas com um sabor maravilhoso!

Na comunidade existe uma kombi-trailer, que precisa de reforma e equipamentos para conseguir ser utilizada. O conserto tem que ser feito no motor, parte elétrica, carroceria, instalar um gerador, caixa d 'água, equipamentos de cozinha e armazenamento. É por lá que seu Wando quer começar, já aproveitando o que tem. Em princípio, a ideia é vender fogaças com a ajuda de pessoas da comunidade que estão sem emprego.  Isso vai gerar renda, para que aqueles que ele aprendeu a amar e chamar de família, não passem mais fome.🙏


“Aqui tem sim pessoas com algum tipo de dependência. E desde quando cheguei, já vi muita gente mudar através da comida, da solidariedade. Pessoas que não se importavam com nada, hoje estão a meu lado lutando, buscando alimentos, para ajudar os que mais precisam” 


É incrível vermos diante de nossos olhos que uma pessoa consegue sim mudar o mundo. Consegue influenciar dezenas de outras pessoas, salvá-las, transformá-las ❤️️

E ai, bora com a gente mudar o mundo junto com seu Wando?!!!!! 🙏
Essa história chegou até nós através de uma postagem feita pela Renata em uma rede social, comovida com a situação do idoso, ela fotografou e pediu ajuda para ele, que começou a viralizar, chegando até nós essa situação. Alô Renata...rsrsrs, estamos tentando falar com você ❤️️.

#ACEITAMOS PIX E SEM Doação MÍNIMA! É só copiar o código na finalização da doação e colar na área "PIX COPIA E COLA" do seu banco para colaborar com essa história

​Para pagamentos em boleto, cartão de crédito e Paypal, o  valor mínimo da doação na plataforma é de R $ 25,00. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?  

Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com uma comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma.  Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, TI, ferramentas e equipe que une suas opções para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados.  Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa.  Saiba mais  clicando aqui. 

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma.  Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.  Acesse todos os desfechos também pelas matérias no site do Razões  clicando aqui. 

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para suporte@voaa.me ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.








Contato

Rua Antônio das chagas, 81 - São Paulo-SP
CEP 04714-000 - CNPJ 36.687.442/0001-03