Ajude casal que mora em casa de barro com os 6 filhos com transtornos mentais, a construir um lar melhor


Chegou para nós a triste realidade dessa família que mora em Serra Talhada, no Sertão Pernambucano. 💔 Um casal e seis filhos pequenos, todos com transtornos mentais graves (ao ponto de "fugirem" das pessoas), vivem em condições insalubres numa casa de barro. Sem móveis, sem um banheiro, sem nada, eles sobrevivem graças à ajuda de uma vizinha, a dona Maria José, que faz tudo para levar comida para eles e conseguir doações.

A mãe das crianças, a dona Damiana da Silva, 49 anos, possui também transtorno mental e conta com o apoio do marido Vanderlei da Silva, 47 anos, que tenta sustentar a família com os serviços que aparecem na roça. Eles vivem apenas com um benefício do Governo que não dá nem para comprar comida para todos.

A situação dessa família chegou para nós pelo morador Anderson Lima do @sertao_brasil_oficial, que já passou pela Voaa com a história da sua avózinha, que ele cuidou até seus 105 anos. Hoje, Anderson vive para ajudar o próximo, uma maneira de retribuir toda ajuda que recebeu enquanto sua avó era viva.

A vaquinha será para construir uma casa para essa família viver com conforto e mais dignidade. Toda a obra será gerenciada pelo Anderson, que está a frente desta linda missão!

Vamos juntos transformar a vida dessa família? Eles precisam muito da gente!

.
 
O valor mínimo da doação na plataforma é de R$25,00 por conta das taxas bancárias. Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?
 
Sobre a nossa taxa: a Voaa consegue se manter com a comissão de 13% cobrada pelas campanhas na plataforma. Com ela, conseguimos remunerar os serviços de pagamento e anti-fraude, T.I, ferramentas e equipe que une suas forças para que as metas sejam batidas e os sonhos realizados. Todos os beneficiários participam da Voaa cientes dessa taxa. Saiba mais clicando aqui.

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected] ou clique no balãozinho ao lado no nosso chat.