Vaquinha para Saulo, que cuida sozinho da mãe acamada e foi demitido na pandemia, se manter durante a crise

O ex-sinaleiro, Saulo Luiz de Alburquerque, 38 anos, é conhecido na cidade de Cabo de Santo Agostinho (PE) por ajudar as pessoas e pelo exemplo de amor e cuidado com a sua mãe, a idosa Dona Maria Emerita, de 80 anos.

Porém, recentemente, ele foi demitido da empresa em que trabalhou por 10 meses como sinaleiro.

Saulo mora com a mãe, seu filho de 16 anos, sua irmã e sobrinha, e é ele que sustenta a casa.

O valor da vaquinha é para a família se manter até que Saulo consiga um emprego.

Ele também pretende com o valor fazer exames médicos, comprar medicamentos e fraldas para a idosa, além de uma pequena reforma em alguns cômodos da casa que é antiga.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Mãe é totalmente dependente do Saulo

Dona Maria sofreu uma fratura do fêmur e perdeu a visão decorrente de um AVC.

Desde então, tem sido cuidada pelo filho, que a trata como uma “joia ara” como ele mesmo diz.

É Saulo que dá banho, troca a mãe e ainda mantém a vaidade da idosa fazendo suas unhas.

Sua irmã ajuda nos cuidados, mas também tem problemas de saúde decorrente de uma meningite.

Para matar a saudade da mãe, quando esteve com suspeita de Covid-19, ele usou uma escada para visitá-la

No começo de maio, Saulo teve sintomas parecidos com da Covid-19.

Preocupado, decidiu isolar-se para evitar infectar sua mãe.

Acostumado a vê-la todos os dias, ele encontrou uma maneira simples e criativa para matar a saudade e continuar se comunicando com ela.

Com o auxílio de uma escada, Saulo se debruçava sobre a janela para conversar com a mãe, que fica dentro do quarto no primeiro andar da casa.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]

Acompanhe o Saulo em seu Instagram @saulo.albuquerque.587