Ajude mais de 50 crianças com doença rara a terem suas cadeiras de rodas especiais

 

 

A instituição Apraespi (Associação de Prevenção, Atendimento Especializado e Inclusão da Pessoa com Deficiência) precisa de ajuda para atender a uma grande fila de espera com 100 crianças carentes com mielomeningocele, e outros tipos de dificuldade de locomoção, que necessitam da cadeira de rodas especial para terem autonomia e uma infância de qualidade!

“Infelizmente tivemos que fechar a lista de espera, pois já temos muitas famílias carentes na espera. Nossa ideia é assim que zerarmos essa lista, iniciaremos outra. Quanto mais verba, mais cadeiras!”, afirmou a instituição.

“Conseguimos 30 exemplares, que já foram doados para as crianças e agora estamos com uma fila de mais de 100 crianças e precisamos da doação para conseguir fabricá-las e entregá-las sem custo algum para suas famílias. Com o valor dessa vaquinha conseguiremos fabricar essas cadeiras”.

Conheça a cadeira de rodas especial que atenderá as crianças carentes

Permitir que a criança tenha autonomia e liberdade para se locomover e brincar, algo que uma cadeira de rodas convencional não proporciona, esse é o objetivo e o diferencial da cadeira de rodas especial Brincadeira.

“O formato do assento da cadeira, também, faz com que o paciente tenha sua coluna sempre na posição correta, evitando quaisquer complicações. Além disso, pelo fato de contar com seis rodas, o equipamento dá ao paciente mais dinamismo e facilidade ao se locomover”, explicou a fisioterapeuta da Apraespi, Irma Oliveira.

A campanha atenderá crianças carentes de vários estados

Apesar da Apraespi ser do ABC Paulista, em São Paulo, a lista de espera para as cadeiras tem famílias de vários estados!

“Essa cadeirinha foi a liberdade para a minha filha. Com a cadeira ela faz tudo que não fazia antes e nós só temos a agradecer a doação pela liberdade da minha filha”, disse Sabrina Blanco, mãe da pequena Laís, umas das famílias beneficiadas pela Apraespi.

O que é a instituição Apraespi?

Apesar de ser considerado o maior centro de reabilitação do ABC Paulista, a Apraespi não possui recursos para confeccionar as cadeirinhas. Por conta desta situação,  a instituição está com uma lista de espera muito grande para atendimento.

“Cada tijolinho colocado na APRAESPI foi fruto de muito esforço e dedicação da nossa Diretoria e do Povo, que sempre nos acolheu e nos ajudou. Vamos continuar lutando todos os dias para que a Associação cresça cada vez mais, para que mais pessoas possam ser atendidas”, , disse Lair Moura, superintendente da instituição.

Para ajudá-los a atender primeiramente 50% dessas famílias carentes, lançamos a vaquinha na VOAA. Contribua!

Dúvidas de como contribuir, ou qualquer outro questionamento? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Com o valor arrecadado, a instituição confeccionou cadeirinhas para doar para os pequenos. Clica aqui e veja a felicidade de uma delas ao receber esse presentão!