Campanha para reformar a casa do Isaque, menino da bateria

Gentee, o Isaque ganhou uma bateria, muito obrigado! Agora o foco da vaquinha é a reforma da casa dele!

Sem condições de comprar uma bateria para o seu filho Isaque, de 10 anos, o auxiliar de produção, Julio Cesar Gama Cardoso, 42 anos, de Manaus (AM), improvisou. Pesquisou na Internet e fez com materiais de ferro velho e assentos uma bateria para que o pequeno pudesse treinar.

“Ele começou tocando sozinho na igreja e há uns oito meses, com muito esforço, estou pagando um curso para ele se aperfeiçoar. Ele não tinha onde treinar, então, decidi fazer uma, pois o valor de uma bateria é muito alto, eu não tenho condições de comprar uma”, relatou ao Razões.

O sonho do pequeno Isaque também é de reformar a casa de dois cômodos que vive ao lado do pai e da mãe e dos dois irmãos no fundo do quintal da avó. O pai trabalha como auxiliar de produção e mãe é diarista.

Como não tem espaço na casa, Isaque treina debaixo da laje da avó. O sonho é reformar e ampliar a casa em que vivem.

“A casa que moramos está precisando de uma reforma, as paredes estão meias que partido, o chão quebra e eu passo o cimento por cima. Tem muita poeira, e o Isaque sofre de alergias respiratórias, o ambiente faz muito mal pra ele. Tem dias que dar crise e o levo para o hospital”, contou o pai.

Para ajudá-lo a realizar o sonho de ter uma bateria, lançamos a sua vaquinha na VOAA. A vaquinha também é para ajudar a família a reformar a casa que eles subiram no fundo do quintal da sogra.

Dúvidas de como contribuir, ou qualquer outro questionamento? Nos mande WhatsApp clicando aqui.