Vaquinha para pai desempregado que faz entregas de bicicleta com a filha

O pai de família Alessandro Medeiros, 25 anos, está desempregado desde o início da pandemia, há exatos 5 meses.

O restaurante em que ele trabalhava como auxiliar de cozinha fechou em Belém (PA) por conta da crise e desde a demissão, ainda não recebeu os valores da rescisão.

Para conseguir levar o sustento de casa, onde vive com a esposa e uma filha de 4 anos, ele começou a fazer entregar por aplicativo.

Como não tem moto e com o salário mínimo que sua esposa ganha como embaladora não dá para pagar as contas de casa, ele tem feito as entregas de bicicleta e com a filha, já que não tem com quem deixá-la.

A vaquinha é para esse pai de família conseguir se manter durante a pandemia até que consiga algo de carteira assinada, evitando ter que sair para trabalhar com a sua pequena. O valor arrecadado também será usado para a reforma de sua casinha.

 

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

Alessandro foi “flagrado” na principal avenida da cidade trabalhando de bicicleta

A história do Alessandro chegou até nós através de um post em que ele está na avenida Alcindo Cacela, principal avenida de Belém.

Ele contou que passa o dia todo fazendo entregas e quando sua sogra não pode ficar com sua filha, ele a leva junto.

“Muitos criticaram, disseram que estava expondo minha filha. Mas se eu não trabalhar, não tem como pagar as contas de casa. Eu faço isso por necessidade mesmo”, explicou.

Para contribuir, clique acima em "Contribua" e faça a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.

O valor mínimo da doação na plataforma é R$25,00 por conta das taxas bancárias e no Paypal é de R$40.

Se você quiser, pode combinar com os amigos e dividir o valor entre vocês, que tal?

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Outras dúvidas? Nos mande WhatsApp clicando aqui.

Problemas com pagamentos? Envie e-mail para [email protected]

Parte I: Alessandro gravou um vídeo agradecendo por todo apoio! Clique aqui para assistir.

Parte II: com repercussão da história, Alessandro ganhou moto, emprego e bolsa de estudos para a filha. Clique aqui e aqui para ver os posts.